CONHEÇA NOSSOS CURSOS

Grafologia Baseado em Competências – Básico

Nos dias de hoje, conhecer o perfil do colaborador da empresa é imprescindível. A Grafologia é uma ferramenta / técnica importantíssima na hora da contratação ou até mesmo nas realizações de tarefas e funções.

O conteúdo do curso está em conformidade a Sociedade Brasileira de Grafologia (SOBRAG).

Destinado aos profissionais de Recursos Humanos, o curso trará para sala de aula técnicas de elaboração do perfil básico grafológico de maneira prática, não se restringindo apenas a teoria dos livros.

Esta técnica expressiva/projetiva (grafologia) pode ser aplicada em Seleção de Pessoal, Programa de Trainee e/ou Estagiários, Treinamento, Avaliação de Potencial, Análise de Temperamentos e Profissões, Retenção de Talentos, Plano de Sucessão de Carreira e Desenvolvimento, entre outros.

Empresas podem ter um desconto de 5% no pagamento à vista. Já as “pessoas físicas”, o investimento poderá ser pago em até 6 vezes sem juros.

 INSTRUTORA

LUÍSA MEDEIROS

  • Grafóloga, Professora Universitária e de Cursos Técnicos, Orientadora de Carreira e Consultora em Recursos Humanos com mais de 25 anos de experiência.
  • Desenvolve trabalhos em levantamento de potencial e competências, além de oferecer suporte à Área de Treinamento & Negócios.
  • Tem artigos publicados em jornais e revistas e participação em congressos internacionais.
  • Membro Professora (Título Oficial) da Sociedade Brasileira de Grafologia (Sobrag) e da Pan-Americana (Argentina – Buenos Aires).
  • Participou de Programas de TV e Rádio – GNT Programa Sai Justa, GLOBO JÔ SOARES e outros.

MATRICULE-SE AGORA!

O Consciente escreve, mas o Inconsciente dita”. Grafólogo Renomado Mundialmente – Max Pulver.

 

FORMAÇÃO EM GRAFOLOGIA – MÓDULO I

 

QUEM PODE FAZER ESTE CURSO? PROFISSIONAIS DE RH ou Outras Áreas que tenham Nível Superior Comprovado, preferencialmente em Humanas.

 

CURSO DIFERENTE de alguns profissionais, pois ele é de Formação mesmo e não só introdução. Lembrando que a Sobrag (Sociedade Brasileira de Grafologia) EXIGE que os cursos Básicos tenham, no mínimo, 60 horas. Os outros são considerados apenas como Introdução a Técnica!

Outros Módulos (após fazer o módulo I abaixo): Perfis Sintéticos Grafológicos e CompetênciasPersonalidades de Risco e Grafologia Emocional. Também tenho outros módulos, mas para a Formação de Grafologia são estes quatros primeiros.

 

Algumas Empresas onde já ministrei cursos de Grafologia (vários módulos):

Firestone / Bridgestone – Santo André

Banco Cacique – Centro de São Paulo

Camicado

Gol Linhas Aéreas

Tam – Dois Módulos

Good Service / Clean Service

Foco RH – 26 Profissionais – Centro de São Paulo

Grupo Sinal (Ford)

Coca Cola de Goiânia (por três vezes – Projeto Diamante)

CIEE

Entre outros.

 

MÓDULO I – “TÉCNICA GRAFOLÓGICA – Nível I – Básico” – 80 horas, no geral para quem faz todos os exercícios e tem no mínimo 85% de presença nas supervisões (aulas) presenciais. São 10 encontros (podemos fazer mais encontros se for necessário). ESTE CURSO TAMBÉM PODE SER FEITO VIA ON LINE – VIA HANGOUT DO GMAIL. ESTE É o Primeiro Módulo PARA O CURSO DE FORMAÇÃO EM GRAFOLOGIA, mas se desejar pode fazer somente este, no momento. Para fazer os outros há necessidade de ter feito este.

Local: bem próximo do metrô Consolação (linha verde do metrô) ou a combinar com o aluno OU via ON LINE.

Horário de Aulas Semana: das 19:30 às 22:00horas (uma vez por semana – aulas quinzenais).

Ou Aos Sábados (quinzenais) – das 09:30 às 12:00horas.

Este curso é em estilo SUPERVISÃO. São 3 /4 alunos por turma.

Para Empresas (emissão de nota fiscal) somente Pagamento a vista (mediante a inscrição do aluno). O ALUNO está efetivamente com a sua VAGA MEDIANTE PAGAMENTO, pois não há Taxa de Inscrição.

Para “Pessoas Físicas” (autoinvestimento) pode ser parcelado o valor em até 6 parcelas (cheques pré-datados – seis parcelas SEM JUROS ou Depósitos em Banco). Para Pagamento A VISTA e em DINHEIRO, como pessoa física, o aluno tem 10% de desconto. Para Empresas a partir de 2 alunos há desconto (consulte-me).

Programa – Módulo I (80 horas, no geral – 10 encontros presenciais) – Supervisão / Curso de Formação em Grafologia – 2016/2017

 

  1. História da Grafologia
  2. Síntese de orientação

Evolução (Jamin)

  1. Inorganizada

2.Desorganizada

  1. Combinada
  2. Organizada

Harmonia           

1.Harmônica

2.Inarmônica.

Nível de Forma (Klages) Síntese entre Forma e Movimento      

  1. Síndromes: 
  2. Inibição

2.Expansão

3.Impulsividade

4.Relaxamento do traço

5.Rigidez do traço

6.Deterioração gráfica

7.Impessoalidade

 

  1. Distribuição                   
  2. Clara
  3. Arejada
  4. Confusa
  5. Legível

5.Ilegível

6.Concentrada

  1. Condensada

8.Espaçada

9.Organizada

  1. Desorganizada
  2. Limpa
  3. Suja
  4. Invasiva

 

  1. Dimensão

Zona média – Eixo Vertical

 

  1. Grande
  2. Pequena
  3. Crescente
  4. Decrescente

 

Zona média – Eixo Horizontal – Amplitude

  1. Estreita
  2. Extensa

 

Zona média –

 

  1. Baixa
  2. Alta

9.Rebaixada

10.Sobressaltada

11.Uniforme

 

Zona média – Extensão – Amplitude

  1. Dilatada
  2. Sóbria

14.Compensada

 

Proporção – Divisão Interzonal

  1. Proporcional
  2. Desproporcional
  3. Mista

 

  1. Pressão
  2. Espécies de acordo com ao apoio do instrumento no papel. (Pressão no sentido estrito do termo)
  3. Apoiada
  4. Leve
  5. Em relevo
  6. Sem revelo
  7. Deslocada
  8. Espasmódica

7.Acerada

8.Massiva

9.Fusiforme

  1. Profunda

11.Superficial

12.Em sulcos

 

  1. Espécies de acordo com a qualidade dos traços. (Neste caso o interior e as bordas)
  2. Nítida

14.Pastosa

  1. Nutrida
  2. Desnutrida
  3. Seca

18.Congestionada

19.Empastada

  1. Filiforme

21.Frouxa

 

  1. Condução do traçado
  2. Hipotensa 2. Flexível 3. Firme 4. Contraída 5. Hipertensa 6. Desigualdades de Tensão.
  3. Forma  

Execução

1.Caligráfica

2.Redonda

  1. Sistematizada ou monomorfa
  2. Estilizada
  3. Polimorfa
  4. Angulosa
  5. Simples
  6. Simplificada
  7. Seca
  8. Ríspida
  9. Ornada
  10. Extravagante
  11. Complicada
  12. Artificial
  13. Tipográfica
  14. Inflada
  15. Infantil
  16. Ovoide/ovalada.
  17. Continuidade

Progressão da escrita

1.Inibida

  1. Contida
  2. Monótona
  3. Cadenciada
  4. Rítmica.

Ligação

1.Ligada

2.Desligada

3.Agrupada

4.Combinada

 

Deficiências de continuidade

5.Fragmentada

6.Ligações desiguais

  1. Lapsus de ligação

8.Retocada

9.Pontilhada/Em bastão 1

0.Sacudida

11.Suspensa

12.Inacabada

 

  1. Movimento
  2. Estático ou imóvel
  3. Flutuante
  4. Inibido/contido
  5. Controlado
  6. Fluído
  7. Vibrante/efervescente
  8. Dinâmico
  9. Propulsivo
  10. Retardado
  11. Revirados para a esquerda
  12. Ligação

Formas de ligação

  1. Em ângulos

2.Arcada

3.Guirlanda

4.Anelada

  1. Filiforme

6.Mista

  1. Dupla curva – Duplo ângulo

 

  1. Velocidade   
  2. Lenta

2.Pausada

3.Rápida

4.Precipitada

5.Lançada

6.Acelerada

7.Desigualdades de velocidade

 

  1. Inclinação
  2. Inclinada

2.Tombada

3.Vertical

4.Invertida

5.Oscilante (ou variável)

  1. Conceitos da escola italiana

 

  1. Direção das linhas

1.Retilínea

2.Rígida

3.Ascendente

4.Descendente

5.Linhas côncavas

6.Linhas convexas

7.Sinuosa

8.Imbricadas ascendentes

9.Imbricadas descendentes

10.Escalonada

  1. Em saltos

12.Colas de Zorro

13.Mista

14.Em leque

 

Orientação geral do traço

  1. Escrita progressiva
  2. Regressiva

3.Escrita mista.

  1. Escrita ao revés
  2. Escrita com torções

 

  1. Discordâncias

1.Forma

2.Tamanho

3.Pressão

4.Direção

5.Velocidade

6.Inclinação

7.Continuidade

 

  1. Signos gráficos   
  2. Guirlanda
  3. Arco
  4. Buclê
  5. Laço
  6. Serpentina

6.Espiral 7.

Triângulo

  1. Arpão

10.Torções

 

  1. Assinaturas
  2. Signos livres
  3. Pontuação e acentuação
  4. Traço inicial, traço final
  5. Barras dos T

4.Traços da Escola Italiana

  1. Traços da escola italiana – Moretti
  2. Traço da sobriedade “Ricci della Sobrietà”
  3. Traço da dissimulação “Ricci del Nascodimento”
  4. Traço do Subjetivismo “Ricci del Soggettivismo”
  5. Traço da Afetação “Ricci dell’Ammanieramento”
  6. Traço da fleugma “Ricci della Flemma”
  7. Traço do desprezo “Ricci Descaro”
  8. Traços de mitomania “Ricci della Mitomania”
  9. Traço da confusão “Ricci della Confusione”
  10. Traço da independência; etc.

 

  1. Perfil Grafológico – Estrutura Oito etapas
  2. Primeira Etapa – Ambiente gráfico
    2. Segunda etapa – Sínteses de Orientação – Síndromes
    3. Terceira etapa – Gêneros – DOMINANTES –
    4. Quarta Etapa – Signos gráficos
    5. Quinta etapa – Traços
    6. Sexta etapa – Assinatura
    7. Sétima etapa – Hierarquizar as espécies
    8. Oitava etapa – Perfil psicológico.

 

  1. Estudos de casos
  2. Síndromes gráficas.
  3. Técnicas de elaboração de perfil.
  4. Estruturação de textos.
  5. Uso dos articuladores no perfil.
  6. Erros mais comuns.
  7. Exercícios de validação de perfis pelo método
  8. De inferência indireta
  9. Técnica inédita desenvolvida para não repetir frases.

 

MATRICULE-SE AGORA!

GRAFOLOGIA – PERFIS SINTÉTICOS POR COMPETÊNCIA

 

EMENTA (RESUMO)

O estudo da grafologia voltado para a avaliação das principais competências nas empresas.  O método exposto visa dar ao futuro grafólogo condições de observar por meio das escritas características de interesse especial na contratação, promoção e avaliação do potencial humano.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Unidade 1.  Definições

1.1    Observações gerais

1.2    Vantagens e desvantagens do método

1.3    Modelos de gráficos

 

Unidade 2. Esquema prático – Método das Polaridades

2.1 Esquema

2.2 Observação da escrita

2.3 Definição dos traços principais e dominantes

2.4 Polaridades

2.5 Conjugação das polaridades

2.6 Avaliação final

 

Unidade 3. Avaliação por camadas

3.1 Estudos

3.2 Tipos de avaliação

3.3 Exemplos de camadas

3.4 Modelos gráficos

3.5 Interpretações

3.6 Exercícios práticos

 

Unidade 4. Dicotomia ângulo/curva de Moretti  

4.1 Polaridade

4.2 Egoísmo/Altruísmo

4.3 A curva

4.4 O ângulo

4.5 Ângulo A – B – C – interpretações

4.6 Ângulo A – Ressentimento e suscetibilidade

4.7 Ângulo B – Tenacidade e teimosia

4.8 Ângulo C – Sagacidade e astúcia

4.9 Ângulo C e as competências

 

Unidade 5. Extroversão e introversão  

5.1 Polaridades

5.2 O extrovertido – estudos

5.3 O introvertido –

5.4 Características gráficas dos tipos

5.5 O introvertido/extrovertido e as competências

 

 

Unidade 6. Como fatias as espécies grafológicas

6.1 Teorias

6.2 Modelos

6.3 Exemplos

6.4 Exercícios práticos

 

Unidade 7. A mentira    

        7.1 Definições

7.2 Características gráficas

7.3 Esquema da polaridade

7.4 Mitomania

7.5 Apropriação indébita

7.6 Ocultação da personalidade

7.7 Mentira por vaidade

7.8 Mentira por interesse

7.9 Mentira por bons sentimentos

7.10 Mentira por medo de castigo

7.11 Mentira e as competências

7.10 Exercícios práticos

 

Unidade 8. Mais fatias

8.1 Reflexão

8.2 Flexibilidade

8.3 Decisão

8.4 Capacidade de organização

8.5 Controle das reações

8.6 Correspondências psicológicas

 

Unidade 9. Vontade e Motivação     

        9.1 Teorias

9.2 Polaridades

9.3 Exercícios práticos

 

Unidade 10. Inteligência      

        10.1 Teorias

10.2 Inteligências Múltiplas – traços grafológicos

10.3 Fatores da inteligência

10.4. Atenção e concentração

10.5 Abstração/Racionalização – traços grafológicos

10.6 Lógica/intuição

10.7 Memória

10.8 Capacidade de associação

10.9 Imaginação

10.10 Sinais Gráficos Favorecedores e Contrários

10.11 Exercícios práticos

 

Unidade 11. Competências – Liderança      

11.1 Estudos

11.2 Estilos de liderança – liberal – autocrática – democrática etc.

11.3 Características gráficas

11.4 Traços favorecedores

11.5 Exercícios práticos

 

Unidade 12. Competências – Orientação para resultados

        12.1 Estudos

12.2 Características gráficas

12.3 Traços favorecedores

12.4 Exercícios práticos

 

Unidade 13. Competências – Tomada de decisão

        13.1 Estudos

13.2 EDATIA

13.3 Características gráficas

13.4 Traços favorecedores

13.5 Exercícios práticos

 

Unidade 15. Competências – Comunicação

        14.1 Estudos

15.2 Características gráficas

15.3 Traços favorecedores

15.4 Exercícios práticos

 

Unidade 16. Competências – Gestão de Mudanças

        16.1 Estudos

16.2 Características gráficas

16.3 Traços favorecedores

16.4 Exercícios práticos

 

Unidade 17. Competências – Empreendedorismo 

        17.1 Estudos

17.2 Diferença entre gerente e empreendedor

17.3 Características gráficas

17.4 Traços favorecedores

17.5 Exercícios práticos

 

Unidade 18. Competências – Visão sistêmica  

18.1 Estudos

18.2 Características gráficas

18.3 Traços favorecedores

18.4 Exercícios práticos

 

Unidade 19. Competências – Relacionamento interpessoal   

19.1 Estudos

19.2 Características gráficas

19.3 Traços favorecedores

19.4 Exercícios práticos

 

Unidade 20. Competências – Relacionamento interpessoal  

20.1 Estudos

20.2 Características gráficas

20.3 Traços favorecedores

20.4 Exercícios práticos

 

Unidade 21. Competências – Visão estratégica/Sistêmica   

21.1 Estudos

21.2 Características gráficas

21.3 Traços favorecedores

21.4 Exercícios práticos

 

Unidade 22. Competências – Criatividade    

22.1 Estudos

22.2 Características gráficas

22.3 Traços favorecedores

22.4 Exercícios práticos

 

Unidade 23. Tipos de movimento e as Competências –

 23.1 Movimento estático – contido – flutuante –  controlado – dinâmico etc

23.2 Características gráficas

23.3  Competências – favorecedores e inibidores no movimento

23.4 Exercícios práticos

 

Unidade 24. Sinais de saúde na escrita

24.1 Polaridades

24.2  Sinais de equilíbrio e desequilíbrio na escrita

24.3 Características gráficas

26.4 Exercícios práticos

 

Unidade 25. Avaliação Global ou 360º  

25.1 Teorias

25.2  Modelos gráficos

25.3 Exercícios práticos

 

Unidade 26. Modelos de Perfis Sintéticos por competências    

26.1 Características gráficas

26.2  Produtividade – Qualidade no trabalho – flexibilidade etc.

26.4 Exercícios práticos

 

Unidade 27. Modelos de Gráficos de Perfis Sintéticos por competências    

27.1 Avaliação

27.2 Exercícios práticos

 

Unidade 28. Combinações grafológicas úteis  

28.1 Combinações da Escola Morettiana (Italiana)

25.2 Outras combinações prática

25.3 Exercícios práticos

 

Unidade 29. Criação de modelo final  

29.1 Exemplos

29.2 Seleção das competências

29.3 Criação do gráfico

29.4 Elaboração do modelo final completo

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
01.GILLE-MAISANI. – Psicologia de la Escritura, São Paulo. Pensamento, 1999.

02.  DESURVIRE, MARCELLE.- Feuillets de graphologie, Masson, Paris 1990-1991, réedition L’Harmattan, 2005

03.  CAMARGO PAULO SERGIO– A grafologia no Recrutamento e Seleção de Pessoal. Ed. Ágora, 2006. 3º Edição.

04. PEUGEOT J., LOMBARD A., NOBLENS M.DE – Manuel de graphologie, Masson ,Paris 1987

05. POPHAL R. –  Scrittura e cervello.  Edizioni Messaggero Padova, 1990.

06. BRAVO ALBERTO – Variazioni naturali e artificiose della grafia.  Libreria Moretti. Urbino,  2005.

07. GOBINEAU H., PERRON R. – Génétique de l’écriture, Payot, Paris 1978

08. CAMARGO PAULO SERGIO– Grafologia Expressiva. Ed. Vetor, 2006..

09. CAMARGO PAULO SERGIO– A grafologia pelo traço. Ed. PSG, 2009.

10. CAMARGO PAULO SERGIO – Psicodinâmica do Espaço na Grafologia. Ed. Vetor, São Paulo, 2006.

11. CAMARGO PAULO SERGIO – Perfis Grafológicos Sintéticos por Competências. PSG São Paulo, 2010.

12. CAMARGO PAULO SERGIO – Grafologia Emocional Expressiva. PSG São Paulo, 2010.

13. CAMARGO PAULO SERGIO – Grafologia Forense. PSG São Paulo, 2010.

 

 

ATENÇÃO: ESTE CURSO (MÓDULO DE ESTUDO) faz parte do Curso “FORMAÇÃO EM GRAFOLOGIA” – só pode fazê-lo quem já fez o Módulo I.

 

MATRICULE-SE AGORA!

GRAFOLOGIA – Módulo III – Personalidades de Risco

 

EMENTA

A grafologia é utilizada em muitos países como subsídio na avaliação de personalidades de risco e nos meios forenses na avaliação de criminosos. O método exposto visa dar ao aluno condições de avaliar características psicológicas de vital importância não só para o estudo da criminologia, mas como para o Recrutamento e Seleção de Pessoal.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

Unidade 1.  Definições

1.4      Histórico

1.5      Personalidades HSS

1.6      Tipos T – positivo e negativo

1.7      Regras de avaliação

1.8      Erros mais comuns

1.9      Exemplos práticos

 

Unidade 2. Os tipos de traços

2.1 Traços principais ou de riscos

2.2 Traços agravantes

2.3 Traços atenuantes ou controladores

2.4 Traços conexos

2.5 Exemplos práticos

 

Unidade 3. Matrizes de riscos

3.1 Teorias

3.2 Frequencia dos traços

3.3 Severidade

3.4 Avaliação final de risco

3.5 Modelos gráficos

3.6 Interpretações

 

 

Unidade 4. Características mais comuns

4.1 Agressividade

4.2 Irritação

4.3 Mentira

4.4 Suicídio

4.5 Personalidade Borderline – teorias grafológicas

4.6 Psicopatias – teorias grafológicas

4.7 Traços da Brutalidade de Marchesan

4.8 Soldas – traços sobrepostos etc.

 

Unidade 5. Traços de riscos – descrição

5.1 Anomalias de pressão

5.2 Formação em X

5.3 Pingos esmagados

5.4 Traços anômalos

5.5 Formas de armas

5.6 Falta de legibilidade

5.7 Unha do criminoso – Pressão deslocada

5.8 Traços de mitomania I – II – III

5.9 Traços de Moretti

5.10 Distorções gráficas etc.

 

 

Unidade 6. Traços agravantes – descrição

6.1 Teorias

6.2 Ângulos

6.3 Dimensão exagerada

6.4 Escrita aguda – eriçada de Moretti

6.5 Arpões

6.6 Colas de zorro

6.7 Imbricadas

6.8. Escrita monótona

6.9 Formas indefinidas

6.10. Estruturas atípicas etc.

 

Unidade 7. Traços atenuantes

7.1 Curvas = Teorias de Moretti

7.2 Tríplice largura

7.3 Ângulo C – signo grafológico da sagacidade e astúcia

7.4 Escrita uniforme – limpa

7.5 Escrita Hipotensa

7.6 Espaçamento grafológico

7.7 Traços finais e iniciais

 

Unidade 8. Levantamento da Personalidade de Risco

8.1 Conceitos

8.2 Conjugação dos traços

8.3 Execução do perfil

8.4 Identificação dos traços e correspondências psicológicas

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 

01.GILLE-MAISANI. – Psicologia de la Escritura, São Paulo. Pensamento, 1999.

02, DESURVIRE, MARCELLE.- Feuillets de graphologie, Masson, Paris 1990-1991, réedition L’Harmattan, 2005

03, CAMARGO PAULO SERGIO– A grafologia no Recrutamento e Seleção de Pessoal. Ed. Ágora, 2006. 3º Edição.

04. PEUGEOT J., LOMBARD A., NOBLENS M.DE – Manuel de graphologie, Masson ,Paris 1987

06. POPHAL R. –  Scrittura e cervello.  Edizioni Messaggero Padova, 1990.

0  07.  BRAVO ALBERTO – Variazioni naturali e artificiose della grafia.  Libreria Moretti. Urbino,  2005.

0  08. GOBINEAU H., PERRON R. – Génétique de l’écriture, Payot, Paris 1978

0 09. CAMARGO PAULO SERGIO– Grafologia Expressiva. Ed. Vetor, 2006.

1 10. CAMARGO PAULO SERGIO– A grafologia pelo traço. Ed. PSG, 2009.

11.  CAMARGO PAULO SERGIO – Psicodinâmica do Espaço na Grafologia. Ed. Vetor, São Paulo, 2006.

12.  CAMARGO PAULO SERGIO – Perfis Grafológicos Sintéticos por Competências. PSG São Paulo, 2010.

1  13 .  CAMARGO PAULO SERGIO – Grafologia Emocional Expressiva. PSG São Paulo, 2010.

4. 14. CAMARGO PAULO SERGIO – Personalidades de Risco. PSG São Paulo, 2010.

 

 

ATENÇÃO: ESTE CURSO (MÓDULO DE ESTUDO) faz parte do Curso “FORMAÇÃO EM GRAFOLOGIA” – só pode fazê-lo quem já fez o Módulo II.

MATRICULE-SE AGORA!

Grafologia Emocional Expressiva – Módulo IV

 

Novas avaliações do estudo das Palavras Reflexas.

SINOPSE

Os estudos das palavras reflexas é um dos mais fascinantes temas dentro da grafologia.

A atualização das teorias de Honroth aliada a conceitos de grandes autores propicia ao grafólogo novos e importantes conhecimentos para o aprimoramento do perfil grafológico.

O curso propõe Exercícios Práticos; compreensão dos principais traços grafológicos ligados as palavras reflexas.

Material inédito e exclusivo.

O autor (PAULO SERGIO DE CAMARGO) vai além dos estudos e cria novas e interessantes teorias sob o tema.

Autores estudados; Robert Heiss, Klages; G. Moretti; Pulver, Torbidoni; Marchesan. Jamin; Honroth; Viñals etc. Além de extensa pesquisa do próprio autor.

Os grafólogos poderão utilizar, mediante autorização expressa do autor – o material para os seus cursos.

 

TÓPICOS – Todos com exemplos práticos de escritas.

Sumário

  1. Histórico |
  2. O texto reflexo |
  3. O parágrafo reflexo – Tamanho |
  4. O parágrafo reflexo – Gêneros |
  5. O parágrafo reflexo – Distribuição |
  6. O parágrafo reflexo – Dimensão |
  7. O parágrafo reflexo – Pressão |
  8. O parágrafo reflexo – Forma |
  9. O parágrafo reflexo – Velocidade |
  10. O parágrafo reflexo – Inclinação |
  11. O parágrafo reflexo – Direção das linhas |
  12. Palavras reflexas |
  13. Conteúdo das palavras |
  14. Anomalias gráficas |
  15. Curva do ânimo |
  16. Gestos fugitivos e a curva do ânimo |
  17. A barra do T e a curva do ânimo |
  18. Interpretação grafopsicológica |
  19. Lapsus calami |
  20. Assinatura |
  21. Imagem antecipadora de Klages |
  22. Exercícios práticos |

 

ATENÇÃO: ESTE CURSO (MÓDULO DE ESTUDO) faz parte do Curso “FORMAÇÃO EM GRAFOLOGIA” – só pode fazê-lo quem já fez o Módulo III.

MATRICULE-SE AGORA!